A importância de um novo idioma na infância

Docente do Senac Três Passos avalia o processo de aprendizado do Inglês para crianças

O conhecimento da Língua Inglesa nos dias de hoje é extremamente importante e um facilitador ao acesso do indivíduo ao mundo globalizado. Quando a vida adulta chega, a oportunidade de aprender a falar outro idioma acaba concorrendo com a rotina de trabalho e outras responsabilidades, ao contrário de crianças, que têm mais tempo e menos tarefas para administrar. Quanto mais cedo acontecer a exposição a um novo idioma, melhor. 

Daiana Furrer Bianchini é docente do curso de Inglês do Senac Três Passos e começou a estudar inglês aos 6 anos de idade, graças ao seu padrinho que a presenteou com o curso. Aos 14 anos, fez uma qualificação de metodologia para dar aula para crianças, já começando com turmas após a conclusão. São 22 anos de docência com o coração, segundo ela, repleto de orgulho e alegria. “Vejo meus ex-alunos em intercâmbios, estudando ou morando no exterior, profissionais de sucesso e penso que contribuí um pouquinho nessa caminhada deles”, recorda.

Quando uma criança é estimulada a aprender outro idioma, está desenvolvendo suas funções cognitivas como a fala, a memória, a criatividade e o raciocínio. Essa prática também contribui para que, futuramente, domine outra Língua, além de melhorar a autoestima, a socialização e ainda ampliar sua visão de mundo. É também por esse estudo que se conhece diferentes culturas e costumes. ”Desenvolvem habilidades em solucionar problemas lógicos, a lidar com tarefas múltiplas mais facilmente e tornam-se cognitivamente mais flexíveis, pois aprendem desde pequenos vários métodos de extrema importância para o mercado de trabalho”, enfatiza a docente.

Para despertar o interesse das crianças em aprender Inglês, precisa-se do incentivo dos pais falando da importância desse conhecimento. No entanto, o papel do professor também é fundamental para que o aluno tenha motivação e entusiasmo para aprender e gostar. Quem ensina precisa ser compreensivo, amoroso e alegre, para transformar as aulas em algo significante aos pequenos. “Aulas dinâmicas e interativas, trazendo o cotidiano delas para a sala de aula, pois o aprendizado deve ocorrer de forma natural e divertida, com brincadeiras, músicas, apresentações e sempre despertando a curiosidade”, recomenda. 

A alfabetização não influencia no processo de aprendizado, pois a criança será estimulada e exposta à Língua a todo instante, tendo contato maior na conversação e na fala. “Isso, automaticamente, contribuirá para a alfabetização na escola, pois ao aprender a Língua Inglesa, ela estará estimulando seu raciocínio e a capacidade de concentração e de memorização” finaliza Daiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *