Ato pela Saúde mobilizará comunidade regional em Três Passos

Nesta sexta-feira (03), a comunidade de Três Passos e de outros municípios da região estará mobilizada em um ato que buscará defender a saúde pública e o pagamento imediato dos valores em atraso com os hospitais filantrópicos. Denominado como Ato pela Saúde, o protesto terá uma concentração inicial de manifestantes a partir das 10h30min, na Praça Reneu Geraldino Mertz, no centro de Três Passos, com posterior caminhada até o Hospital de Caridade, às 11 horas. No local será realizado um abraço simbólico à instituição.

O hospital de Três Passos é o único que possui uma UTI em funcionamento na área de abrangência da 19ª Coordenadoria Regional de Saúde, que possui 26 municípios. Entre recursos de incentivos, referentes a janeiro até abril de 2016, além de valores pendentes para pagamento de serviços do SAMU e exames de mamografia, hoje o hospital possui mais de R$ 1,7 milhão em valores a receber do governo estadual, ocasionando atraso no pagamento de profissionais médicos, funcionários e fornecedores.

No final de abril, os médicos da UTI apresentaram um pedido de demissão coletiva, em função dos atrasos nos repasses de seus vencimentos. Uma negociação está sendo intermediada e uma solução terá de ser buscada até o dia 10 de junho, sob o risco da unidade ser fechada.

Além dos principais pontos de reivindicação, outros itens também serão destacados na manifestação: atualização de valores da tabela do SUS; aprovação do Projeto de Lei PLS744/2015, que tramita no Senado Federal, criando linhas de crédito com recursos da União, em condições diferenciadas para instituições filantrópicas que integram a rede complementar do SUS; mudança de categoria hospitalar no IPE, pedido que já foi encaminhado e que se constitui em direito do Hospital de Caridade, por este possuir UTI e prestar serviço de traumatologia de alta complexidade.

Amuceleiro e Amzop terão reunião com governo do Estado na busca por alternativa para repasses atrasados

Os 63 municípios que integram a Amuceleiro (Associação dos Municípios da Região Celeiro) e a Amzop (Associação dos Municípios da Zona da Produção) estão mobilizados na busca pela resolução do impasse que acarreta no atraso de repasses financeiros por parte do governo estadual para os hospitais filantrópicos destas regiões.

Nesta quinta-feira (02), prefeitos, lideranças comunitárias e gestores das entidades hospitalares estarão reunidos com secretários de Estado, na sede da Casa Civil do governo gaúcho, onde uma nova negociação deverá ser aberta, na busca pelo pagamento principalmente dos valores referentes a incentivos hospitalares, que representam, dependendo da realidade de cada instituição hospitalar, de 40% a 70% do custo mensal com serviços.

O encontro terá a presença do secretário da Saúde, João Gabbardo, do chefe da Casa Civil, Marcio Biolchi, do secretário da Fazenda, Giovani Feltes, e há possibilidade do próprio governador, Jose Ivo Sartori, participar.

(Foto: Divulgação Internet/ Assessoria de Imprensa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *