Cine Rock é tema da Tribuna Popular em Três Passos

A sessão realizada na noite de ontem, 10 de junho, e presidida pelo vereador Vinicius Araújo, contou com a presença no espaço da Tribuna Popular dos organizadores do V Cine Rock – Edição Comemorativa.

Roberto Lagnner Levy filho, o maninho,  e Gabriela David ocuparam o espaço da Tribuna Popular para divulgar a quinta edição do Cine Rock de Três Passos que acontecerá no dia 27 de julho.

Segundo Maninho, nesta quinta edição foram mais de 30 bandas inscritas e selecionadas 23. No último ano foram 820 ingressos vendidos, tendo em vista que o festival começa às 17h e vai até às 5h do dia seguinte, 12 h de Rock and roll.

Esse ano será trancada a Av. Julio de Castilhos, onde será colocada uma tenda que terá telão com transmissão ao vivo das apresentações das bandas que estiverem se apresentando no palco do cinema. O cinema tem capacidade para 350 pessoas.

O Cine Rock, além de promover espaços para novos talentos musicais e bandas, tem um caráter solidário, pois a doação voluntária continuará nesta edição, seja com doação de alimentos não perecíveis, agasalhos, rações que serão destinadas às entidades sociais.

Não serão vendidos ingressos antecipados, pelo fato que é a procura é grande e a capacidade do cinema é limitado, então quem quiser participar do evento será interessante vir cedo no cinema.  Meta é iniciar com o festival com o cinema lotado.

Os vereadores receberam canecas do evento.

Maiores informações acesse o Facebook: cine rock tp ou envie email para cinerocktp@hotmail.com

 

PAUTA DE PROJETOS:

Deu entrada na Câmara e foi lido o PROJETO DE LEI 50/19 que fixa e delimita no novo perímetro urbano da cidade de Três Passos- RS

Para conferir o projeto na íntegra acesse o site da Câmara: www.trespassos.rs.leg.br

Em pauta para votação foram aprovados por unanimidade os seis projetos de contratações emergências, repasse de recurso para o programa Samu/Salvar e  alterações na concessão de cestas básicas aos agentes públicos municipais de Três Passos.

Confira os  projetos:

PROJETO DE LEI Nº 36/19 – Autoriza o Poder Executivo Municipal a proceder na contratação emergencial de 2 (dois) profissionais auxiliares de saúde bucal, para atuarem junto às unidades de saúde do nosso Município, com carga horária de 200 horas mensais, pelo período de um ano, podendo ser renovado por igual período. A contratação se faz necessária em função do pedido de exoneração de uma servidora e do término do contrato de outra servidora.

PROJETO DE LEI Nº 37/19 – Também prevê a contratação emergencial de um profissional auxiliar de saúde bucal, só que com carga horária de 100 horas mensais, para atuar junto à unidade de saúde prisional.

PROJETO DE LEI Nº 38/19– Autoriza a contratação emergencial de até quatro serventes, para atuarem nas unidades de saúde e no CIAC/SUS – Centro Integrado de Assistência ao Cidadão. Tais solicitações se justificam, de acordo com o disposto pela Secretaria Municipal de Saúde no Processo 1990/2019, tendo em vista aos contratos que findam em 05 de julho e 18 de dezembro, a servidora que assumiu vaga no processo seletivo da SMAD em março e servidora que solicitou aposentadoria no mês de abril de 2019. Ainda, para atuar junto ao CIAC/SUS, uma vez que a Unidade tem previsão de início das atividades no mês de julho do corrente ano.

PROJETO DE LEI Nº 39/19 
– Autoriza a contratação emergencial de cinco agentes comunitários de saúde, para atuarem junto às equipes dos ESF’s, nas micro áreas 01, 10, 14, 18 e 23. As contratações se fazem necessárias em face de que as micro áreas encontram-se descobertas, mesmo com a realização de processo seletivo, com exceção da micro área 10, a qual vencerá seu contrato em 10 de julho de 2019.

PROJETO DE LEI Nº 40/19 – Autoriza a contratação emergencial de um profissional oficineiro, com capacitação para desenvolvimento de oficinas terapêuticas do tipo 1.

Trata-se de uma iniciativa estadual para implantação no município de atividades educativas, que devem ocorrer de forma articulada com a Unidade Básica de Saúde, que irá atender pessoas em sofrimento psíquico e/ou pessoas que usam drogas, não se limitando a elas. O foco do trabalho deve ser a promoção da saúde na perspectiva da educação popular, ligadas a música, teatro, artesanato, carpintaria, costura, cerâmica, fotografia, artes plásticas, entre outros, podendo funcionar como dispositivo de geração de renda e inserção no trabalho para seus participantes.

PROJETO DE LEI Nº 42/19 – Autoriza a contratação emergencial de dois técnicos em enfermagem, para atuarem junto às unidades de saúde do Município. Destacamos que tais situações de contrato temporário se darão tendo em vista que a Unidade CIA/SUS tem previsão de início das atividades no mês de julho do corrente ano, sendo que posteriormente poderá se ter uma melhor noção sobre a necessidade de concurso para tais funções.

PROJETO DE LEI Nº 45/19 – Altera a Lei Municipal nº 4.999/2014, a qual dispõe sobre a concessão de cesta básica aos agentes públicos municipais de Três Passos.A alteração se dará, especificamente, no Anexo I da mencionada Lei, uma vez que serão alterados itens das cestas básicas Tipo I (Família) e Tipo II (Individual/Casal). Justifica-se a alteração tendo em vista o levantamento realizado junto aos servidores públicos municipais quanto ao grau de satisfação em relação ao Programa Cesta Básica.

PROJETO DE LEI 46/19- que tem por objetivo autorizar o Município a realizar repasses de recursos oriundos dos Governos Estadual e Federal à Associação Hospital de Caridade de Três para a execução do Programa SAMU/SALVAR.

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS:

Solicitando ao Prefeito Municipal a instalação de reperfilamento no trecho da Rua Getúlio Vargas, entre a Av. Santos Dumont e a Rua Gaspar Silveira Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *