ANDRIELI
  • Por: Andrieli Battú da Silveira
  • Contato: andri.battu@hotmail.com
  • Formação / Profissão: Estudante

Crônica das Pessoas da Cidade

Lá se passaram (quase) 5 anos que faço parte do Jornal Atualidades, com uma singela, porém, carinhosa contribuição. No decorrer deste tempo muito mudou, e como de costume, sem que pudéssemos perceber algumas mudanças (umas necessárias e outras por intuição) foram tomando espaço e originando novos moldes. Como é bonito, olhar para o resultado e perceber que as transformações geraram bons frutos.

Quando iniciei, por convite do meu amigo e futuro colega de profissão, Roberto Bordini, o espetáculo era comandado pelas mãos e sonhos do nosso grande companheiro Selito e sua esposa Rosa. Eles persistiam em contar histórias e manter a população trespassense e regional bem informada. Foi em 2014, quando contávamos apenas com uma capa colorida, poucas páginas, número limitado de caracteres, que passei a integrar a equipe, usava o e-mail criado ainda na infância, o que era motivo de chacota (dricah_vip@…), minha foto de identificação era uma selfie feita com uma câmera digital. O endereço foi alterado e junto dele a Diretoria da empresa. Hoje somos totalmente digitais. Novos sonhos, novas metas, e grandes desafios. O despontar frenético do mercado da informação virtual trouxe dificuldades para jornal impresso, mas foi justamente neste momento que o espírito inovador e carregado de positividade se permitiu voar. A nova administradora, Carla  Barrow, ao lado de seu esposo impulsionaram o Jornal Atualidades para novos caminhos, e desde então têm servido a população, buscando mostrar o melhor da nossa gente, sempre adequando-se as exigências que o mercado apresenta.

Tanto que há poucos dias lançaram um novo programa, a série “Você Repórter”, que visa fazer com que os leitores e colaboradores do jornal, bem como a comunidade visualize, participe e colabore para o bem-estar social do nosso município. Tive a honra de ser a primeira repórter, fiquei grata com a oportunidade, e confesso-lhes que foi muito interesse, pois além de ser um desafio, é uma maneira de nos fazer pensar e observar sobre o modo de viver que levamos.

Há quem diga que Três Passos, e demais cidades da região, com seu modo interiorano de ser, pouco tem a oferecer ao cidadão. Não sei vocês, mas eu já ouvi muitas críticas, vindas geralmente de quem pouco quer contribuir. Mas desta postura eu discordo. Não me entristeço por não poder frequentar um shopping no domingo à tarde, porque a recompensa de poder sair tranquila para a caminhada diária vale mais do que isso. Realmente não me importo em não ter a possibilidade de chamar pelo aplicativo um Uber para uma corrida, porque felizmente posso ir e vir apé, sem perder tempo do meu dia com engarrafamentos e motoristas estressados. Não vejo problema em encontrar e reencontrar as mesmas pessoas nos bares, restaurantes e festas, pois é o que nos torna calorosos e receptivos, uma vez que conseguimos nos chamar pelos nomes.

O que pretendo com esta reflexão é fazer uma breve crítica ao cidadão, que mesmo colhendo os frutos, insiste em visualizar apenas o lado negativo. Sejamos inteligentes o bastante para compreender que uma cidade pacata traz inúmeros benefícios, principalmente para nossa qualidade de vida e segurança. A diversão, lazer e entretenimento dependem de cada um, pois o local ideal para a prática da felicidade é dentro de você. Além do que cabe a nós nos reinventarmos a cada a dia, saber valorizar o que está ao entorno, dedicando-se a tornar o ambiente mais agradável. Deste modo, antes de criticarmos a cidade, o vizinho, a administração, o comércio, vamos olhar para o nosso interior e pensar sobre o que eu estou oferecendo ao meu município, a minha comunidade, ao meu grupo profissional. Analisar e então: provocar mudanças. Por isso, lhes trouxe o exemplo do próprio Jornal Atualidades, que nunca duvidou da potencialidade da nossa querida Três Passos, firmando raízes e buscando inovar-se para melhor nos atender, mesmo diante das peripécias de um mundo que corre para além do seu tempo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *