ANDRIELI
  • Por: Andrieli Battú da Silveira
  • Contato: andri.battu@hotmail.com
  • Formação / Profissão: Estudante

Crônica das Pessoas da Cidade

Quero aproveitar o espaço que tenho neste rico informativo para fazer uma crítica, seguida de um desabafo.

Enquanto eu ainda estava no ensino médio, no período em que fui presidente do Grêmio Estudantil do Instituto Érico Veríssimo (que me traz doces lembranças e uma saudade gostosa), representando o corpo de alunos daquela escola, participei de uma sessão da Câmara de Vereadores do nosso município sobre os “futuros investimentos” da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, em nosso Campus. Nesta reunião, o reitor da Universidade afirmou que a Unijuí traria para o nosso Campus novos cursos, partindo de uma pesquisa que seria feita em nossa região para verificar qual a maior procura de cursos.

… No entanto comunidade Trespassense, este não é o resultado que temos hoje. As pesquisas foram feitas, contudo, foram implementados apenas cursos técnicos em nosso polo, os quais não prosperaram. Nenhuma nova graduação foi efetivada. Ficamos somente em promessas.

Pior que isso, os cursos de Administração e Direito, os únicos do nosso Campus, estão correndo grande risco de extinção. Neste ano matricularam-se no curso de Direito apenas novos 7 alunos, enquanto que Administração não promoveu nem mesmo o vestibular. Preocupante.

A Unijuí tem uma sede, relativamente com uma estrutura grande para o tamanho da nossa cidade, com muitas salas (hoje, vazias e frias), localizada no centro do nosso município. Mas os alunos aqui de Três Passos precisam pegar ônibus às 17hs da tarde, passar longas e desgastantes horas nas estradas para buscar seu futuro em municípios vizinhos. Ou ainda, através o perigoso Uruguai, para encontrar colhida no estado ao lado.

Fico profundamente decepcionada e desgostosa com essa crítica que me dispôs a fazer. Sou aluna da Unijuí, até fevereiro de 2020. Sou grata, porque embora o valor pago para a instituição seja bastante alto, e o retorno não seja em sua totalidade no mesmo patamar, nós somos bem atendidos pelos funcionários que a instituição nos fornece. Desde o guarda até aos professores, todos são profissionais de excelência. Sabemos da preocupação que dispendem para conosco, buscando formar com qualidade os acadêmicos, sempre dentro de um processo humano e igualitário.

Inclusive, eu sou integrante do Cadi, Centro Acadêmico de Direito, desde o meu segundo ano de faculdade, e talvez por isso que eu me sinta ainda mais pressionada em buscar alguma explicação e solução acerca desta situação.

Sabemos que atualmente existem muitos cursos no modo Ead, com custos mais baixos, que podem ser cursados da comodidade do lar, o que é um grande atrativo. Também, temos a agravante de que, com as alterações no ensino fundamental, a inclusão do 9º ano, as consequências estão sendo sofridas neste ano de 2019, em que menos alunos estiveram aptos para concorrer ao nível superior. Mas, mesmo que tenhamos estas justificativas, precisamos exigir desta Universidade, de grande renome, e de muita competência a urgente medida de investir em nosso município, acreditar em nossa gente.

Sempre defendi Três Passos, porque orgulhosamente sou filha desta terra. O nosso comércio tem expandido fortemente, a saúde tem suas fragilidades mas funciona, e portanto, não podemos deixar a educação sem amparo, e neste caso, me refiro a graduação, pois felizmente a educação municipal é merecedora de muitos méritos. Também acho importante valorizar as demais universidades que aqui se arriscam em aqui investir, como a extensão da UERGS, Uninter e Unopar. Mas a nossa Unijuí, a universidade da nossa região, precisa valorizar o voto de confiança que tem dos munícipes e administradores e investir na capacidade do nosso cidadão, e assim prosperar melhorias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *