Cuidado com os golpes na região

O Delegado de Polícia, William Garcez, divulgou em nome da Polícia Civil Gaúcha, notadamente à 22DPRI, regional de Três Passos, um texto para conhecimento e alerta da sociedade, a fim de orientar a população sobre os riscos dos golpes aplicados na região. Garcez é titular da Delegacia de Polícia de Crissiumal e Professor de Direito Penal da FEMA (Santa Rosa-RS) e da AD VERUM (Recife-PE).

FALSO SEQUESTRO: A vítima recebe uma ligação. Do outro lado da linha alguém diz que está em poder de seu filho e exige dinheiro para libertá-lo. A pessoa não pode se apavorar. Desligue o telefone imediatamente e tente fazer contato com a suposta vítima e conversar com familiares. Não forneça nenhum dado e não efetue qualquer depósito.

CARRO ESTRAGADO: O estelionatário se passa por parente ou conhecido da vítima, dizendo que está com o carro quebrado e que precisa de dinheiro para o guincho ou para pagar o mecânico. Acreditando que o parente ou conhecido está com dificuldades, a vítima realiza o depósito bancário ou ainda coloca crédito de celular para supostamente realizar contato com a seguradora.

Ao receber este tipo de telefonema adote as seguintes medidas: 1. Desligue o telefone; 2. Não faça qualquer tipo de depósito ou transferência bancária; 3. Não forneça nenhum dado (nome completo, CPF ou RG); 4. Procure contato autêntico com a pessoa que se diz na ligação (o suposto parente); 6. Após, procure uma Delegacia de Polícia e informe o fato.

Outra dica: Pergunte ao “suposto parente” (golpista) algo que só a verdadeira pessoa poderia saber, como o nome do seu cachorro, um fato familiar recente, etc.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *