Dietas: acompanhamento profissional é essencial

Cuidar da alimentação é essencial, independente de peso e estilo de vida. A alimentação requer uma dosagem ideal de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, sais minerais e água, que muitas vezes, mesmo adotando um estilo de vida saudável, podem estar em falta no seu organismo. Para adotar uma dieta ideal para você, é necessário conhecer o que o seu corpo precisa com o auxílio de um profissional. A Nutricionista, especialista em Nutrição Clínica, Enir Franke, afirma que a melhor dieta é aquela totalmente personalizada, cujo objetivo principal é a recuperação e manutenção da saúde. Para a nutricionista a dieta deve atender todas as necessidades nutricionais do paciente, promovendo uma perda de peso gradativa, o que favorece desta forma a manutenção do peso perdido. Enir ainda destaca, que a dieta deve sempre ser prescrita por um profissional nutricionista habilitado, ou seja, inscrito no Conselho Regional de Nutrição – CRN.

Enir Franke é Nutricionista (CRN2-3052), Especialista em Nutrição Clínica.  Seu consultório fica localizado na Rua Borges de Medeiros, nº 186, no Centro de Três Passos.
Enir Franke é Nutricionista (CRN2-3052), Especialista em Nutrição Clínica. Seu consultório fica localizado na Rua Borges de Medeiros, nº 186, no Centro de Três Passos.

QUAIS OS SINAIS DE QUE PODE HAVER ALGO ERRADO COM A ALIMENTAÇÃO? 

Tanto a falta de nutrientes como o excesso podem trazer problemas de saúde, que vão dos mais simples aos mais complicados. Os sinais podem variar desde cansaço, irritabilidade, insônia, ansiedade, depressão, queda de cabelo, cabelos e unhas fracas e quebradiças, constipação (intestino preso), diarreia, pele e olhos secos, ossos fracos, inchaço, anemia, falta ou excesso de apetite, celulite, até os mais graves, como sobrepeso, obesidade, diabetes, níveis altos de colesterol, triglicerídeos, ácido úrico, vários tipos de câncer e muitas outras doenças. Vale ressaltar que cada vez mais as evidências científicas mostram a forte correlação de hábitos alimentares inadequados com o surgimento de vários tipos de doenças.

QUAIS OS CUIDADOS BÁSICOS QUE DEVEMOS TER COM A ALIMENTAÇÃO?

Em todas as faixas etárias, seja bebê, criança, adolescente, adulto ou idoso,  é importante que a alimentação esteja adequada tanto em calorias como em nutrientes para manter o organismo saudável. As necessidades variam também de acordo com estado fisiológico como na gestação ou presença de alguma doença. Situações essas que requerem cuidados especiais, pois as necessidades de nutrientes específicos estão alteradas como também as necessidades energéticas, sendo necessária a adequação  das mesmas para  garantir a saúde da mamãe e o desenvolvimento adequado do bebê como no caso da gestação e para uma recuperação mais rápida ou controle adequado na presença de alguma  doença.

CUIDADO COM AS DIETAS DA “MODA”!

“A tendência atual é estar cada vez mais “fit”! Do ponto de vista nutricional, é fundamental manter a forma para uma boa saúde! Porém o que acontece, é que nesta ânsia de perder peso de forma mais rápida, muitas pessoas, principalmente os mais jovens que ainda não tem uma real preocupação com a saúde, optam por dietas da moda, ou seja, as famosas fórmulas mirabolantes. Se elas emagrecem? Claro que emagrecem! Porém o custo deste emagrecimento rápido muitas vezes é alto! Podendo implicar em sérios danos à saúde”.
“As dietas da moda, por serem bastante restritivas em calorias e normalmente excluírem grupos alimentares ou nutrientes específicos, acabam sendo um verdadeiro perigo para o controle do peso e, em muitos casos, podem resultar em complicações para a saúde, como fraqueza, perda de massa muscular, desidratação, cansaço, aumento de colesterol, doenças cardiovasculares, entre muitos outros problemas. Outro fator limitante, é por serem difíceis de serem seguidas por muito tempo e não estão voltadas para a saúde como um todo, e para piorar mais ainda, passado o período da dieta, na maioria dos casos a recuperação dos quilos perdidos e, até mesmo mais uns quilos extras, ocorre sem controle, bem rapidinho. Isso porque a privação de nutrientes específicos ou a prática de jejum interferem com os níveis de alguns hormônios e de substâncias que regulam o apetite. Esse desajuste pode causar respostas indesejáveis, dentre elas, a redução do metabolismo e do desejo por alimentos que forneçam energia rápida, como os doces por exemplo, havendo ainda, relatos na literatura a uma tendência ao aparecimento de quadros compulsivos o que é extremamente desastroso para o organismo”.

DICA

“Fuja de fórmulas milagrosas e do que promete te emagrecer, milagre não existe! Emagrecer com saúde é muito mais do que perder peso, a reeducação alimentar continua sendo a maneira mais efetiva para a perda e manutenção do peso conforme os especialistas! A saúde não tem preço!  Pense nisso…”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *