vini
  • Por: Vinicius Araujo
  • Contato: viniaraujo87@gmail.com
  • Formação / Profissão: Radialista

Embate GREnal

Após um grande início de Brasileirão, mantivemos a regularidade na Libertadores da América esta semana, com um empate no Paraguai, contra um adversário sempre perigoso, ainda mais em seus domínios. O Grêmio, no returno desta primeira fase da Liber, jogará duas partidas em casa, onde é obrigatório duas vitórias, além do enfrentamento contra o Monagas, o time mais fraco do grupo, na Venezuela, em que a vitória é muito possível e provável. Portanto, a liderança do grupo está no horizonte da equipe e isso é fundamental, garantindo poder decidir em casa nas fases seguintes. Éverton foi o grande nome do Grêmio na terça. Vem jogando muito. Renato pecou ao escalar Cícero. Alisson ou Tony Anderson são as melhores opções na ausência de Luan. BRASILEIRO – Olhando o pôster do Grêmio, campeão gaúcho, no jornal, pude perceber o plantel que o Tricolor tem para encarar o Brasileirão deste ano. Acredito que poucas vezes o Grêmio teve um plantel tão qualificado para realmente sonhar com o tricampeonato nacional. Apenas para exemplificar: Alisson, Maicosuel, Michel, Jaílson, Tony Anderson, Hernane, Madson, Marcelo Oliveira, Paulo Miranda. Todos são reservas. Mas todos, ao entrarem, podem dar contribuição ao time. Esse parece ser o diferencial em 2018: ter grupo. Necessitamos pelo menos de mais um zagueiro de qualidade. E Douglas ainda pode voltar este ano. Sonhar é possível. Mas também é preciso priorizar o Brasileiro. A hora é essa!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *