fabricio
  • Por: Fabricio Guerra
  • Contato: fabricio10silva10@gmail.com
  • Formação / Profissão:

Embate greNAL

Chega ao fim o Campeonato Brasileiro de 2018. Com uma rodada de antecedência o Internacional confirma a 3º colocação na competição, garantido vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores da América. A sensação de que poderia mais existe, a perda de alguns pontos foi crucial para a perda do título. Analisando de forma consciente nosso plantel, podemos afirmar que o Inter fez uma bela competição, a equipe chegou no seu limite em termos de rendimento. É óbvio que um gigante como o Inter deve sempre buscar títulos, mas para uma temporada de reconstrução de equipe e do clube, podemos dizer que o 3º lugar foi um bom negócio.
A temporada 2019 promete ser boa. Começamos a semana com a confirmação de que Rodrigo Caetano segue no Beira Rio no próximo ano, grande notícia tendo em vista a competência do Diretor Executivo que foi peça chave neste ano. Odair também permanece, outro ponto positivo, pois futebol é continuidade e o técnico merece ficar pelo excelente trabalho desempenhado, mesmo que tenha cometido alguns erros, mas estamos falando de um profissional em seu primeiro ano de carreira.
O Internacional necessita de reforços em quase todos os setores, temos um bom time, mas é necessário qualifica-lo para almejar grandes conquistas. No meu entendimento, as laterais merecem maior atenção na hora de ir ao mercado. Com a iminente saída de Rodrigo Dourado o clube deve buscar dois nomes para a primeira função do meio campo. Edenilson e Patrick devem ganhar a companhia de Rithelly e mais um nome para disputar posição. No ataque a tendência é de que todos fiquem para 2019 somado a eles a presença de Paolo Guerrero.
Nas próximas colunas irei trazer ao torcedor maiores informações sobre contratações e como será feita a gestão do clube pelo próximo Presidente eleito. Uma boa semana a todos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *