Frente Parlamentar e Instituto Confúcio unem-se para elaborar projetos e ensinar mandarim a empreendedores gaúchos

Para dar continuidade à mobilização em favor da aproximação comercial e cultural entre a China e o Rio Grande do Sul, o presidente da Frente Parlamentar Brasil/China, deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) reuniu-se com representantes do Instituto Confúcio, ligado à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na tarde da última segunda-feira, 09. Segundo o petista, a ideia é aprofundar a relação com esta entidade sem fins lucrativos que, entre outras funções, dedica-se ao ensino da língua e da cultura chinesas para o público gaúcho. “Se queremos estreitar laços, precisamos conhecer melhor as especificidades da China. O Instituto Confúcio é a entidade ideal para trazer estas informações e está aqui no Rio Grande do Sul. Não há melhor mediação”, opinou.

Jeferson manifestou aos representantes uma das principais preocupações da Frente, que é promover capacitação para empreendedores que irão negociar com a China e também aprimorar os conhecimentos sobre a cultura daquele país. Também mostrou interesse em aprofundar o aprendizado sobre questões técnicas que envolvem a realização de contratos e parcerias comerciais com os chineses. “Soubemos que o Instituto também atua em favor do empreendedorismo. Queremos contar com esta expertise para ajudar os nossos produtores, empresários, lideranças que queiram negociar com a China”, explicou o deputado.

O diretor brasileiro do Instituto, Antônio Padula disponibilizou a entidade para fazer visitas a municípios do interior gaúcho onde houver demanda por apoio técnico aos projetos, além de integrar-se à Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que já participa da Frente parlamentar, com este objetivo. Padula ainda aventou a possibilidade da instalação de uma sucursal do Consulado Chinês no estado. “A confirmar-se a aproximação comercial entre o RS e a China pela qual viemos trabalhando, nada mais útil do que termos um Consulado Chinês em solo gaúcho, para facilitar este intercâmbio”, concordou Jeferson.

Para iniciar o processo de aprendizado da cultura, Padula convidou a Frente Parlamentar a integrar dois importantes eventos:  o “Domingo da China”, que acontece no dia 27 de outubro, em Porto Alegre; e a “Semana da China”, a ser realizada em 2020, ainda sem data definida. Por fim, o diretor propôs e obteve o apoio de Jeferson à realização de um curso de mandarim no Legislativo gaúcho. “A ideia é muito boa e a Frente, com certeza, trabalhará no Legislativo para garantir que se concretize”, concluiu o deputado.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Andréa Farias – Foto: Eduardo Silveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *