Ijuí estuda soluções para vazio produtivo no inverno e trigo seria boa alternativa

O 1º Encontro de Ocupação e Manejo do Solo na Estação Fria, realizado em Ijuí, discutiu alternativas para o vazio produtivo no inverno. Uma das alternativas seria o trigo. Em todo o Estado do Rio Grande do Sul, a área plantada com o cereal é de aproximadamente 700 mil hectares, bem abaixo da área cultivada no verão com a soja 5,71 milhões de hectares.

Além do trigo, o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar e assistente técnico estadual em Culturas, Alencar Rugeri, apresentou outras alternativas. A aveia branca, canola, cevada e aveia preta poderiam ajudar a fazer uma coisa essencial, aumentar a quantidade de palha na lavoura com o intuito de preservar o solo. “A soja está remunerando fantasticamente bem, mas ela tem nos oferecido cada vez menos palha e a nossa grande preocupação é o solo”, disse Rugeri.

Ainda de acordo com Rugeri, o agricultor deveria perceber o inverno como uma ótima oportunidade para fazer o controle das plantas daninhas, a cobertura do solo e a rotação de culturas.

Na programação do Encontro também estavam previstas palestras com o pesquisador da Embrapa, João Leonardo Pires, e engenheiro agrônomo da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Hamilton Jardim.

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar Regional de Ijuí

Jornalista Cleuza Noal Brutti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *