Julgamento do Caso Bernardo inicia hoje

Iniciaram neste manhã, 11 de março, as movimentações para o julgamento do Caso Bernardo. Por volta dás  9h30 os acusados, Leandro Boldrini, Graciele Ugulini, a amiga de Graciele, Edelvânia Wirganovicz e o irmão desta, Evandro, chegaram ao Fórum de Três Passos, onde devem permanecer no dia de hoje. Todos respondem por homicídio qualificado e ocultação de cadáver; Leandro ainda é acusado de falsidade ideológica. Sessão do júri será presidida pela Juíza Sucilene Engler.

Representantes do Ministério Público, responsável pela acusação, e advogados de defesa dos réus participaram do sorteio dos jurados, em que 7 de 25 foram destacados para formar o Conselho de Sentença.

No momento, está composto o Conselho de Sentença. Os sete jurados realizam o juramento e recebem a denúncia e outros documentos. Juíza explica a eles pormenores sobre a função que exercerão no julgamento.

A Juíza, Sucilene, determinou que o julgamento deverá ter início as 12h30, onde a primeira testemunha, a delegada Caroline Bamberg, será houvida.

Em breve mais informações.

SOBRE O CASO

Bernardo desapareceu em Três Passos, em 4/4/14, e seu corpo foi encontrado dez dias depois em uma cova vertical, à beira de um riacho na cidade de Frederico Westphalen.

Conforme perícia, Bernardo morreu por efeito da substância midazolan, detectada nos rins, estômago e fígado da vítima. Graciele, segundo a denúncia, foi responsável pela aplicação da medicação, Leandro agiu como mentor do crime, e Edelvânia e Evandro ajudaram na consecução.

(Fotos: Carina de Oliveira)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *