Município sugere medidas de incentivo ao consumo de carne suína

O prefeito municipal, José Carlos Amaral, anunciou na manhã desta quarta-feira, 15 de maio, no Gabinete da Prefeitura de Três Passos, medidas adotadas pela administração para o incentivo de carne suína no município. A reunião contou com a presença de representantes da administração municipal, além de suinocultores locais e da gerente da JBS de Três Passos Mirta Thiesen.

A suinocultura é uma atividade que emprega majoritariamente produtores familiares, o que incentiva a fixação do homem no campo e gera empregos diretos e indiretos toda a cadeia produtiva. Assim, auxilia na formação do tripé econômico do município, que tem a suinocultura como principal atividade, colaborando no seu desenvolvimento socioeconômico.

O município se destaca ocupando o 4° lugar entre os maiores abatedores de suíno do Rio Grande do Sul. Em 2017, ano da última listagem, foram 174.208 suínos conforme a Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul.

Hoje, existem cerca de 108.100 suínos e 134 suinocultores no município. São 14 granjas Unidades Produtoras de Leitões (UPL), com 13.400 matrizes; 8 granjas creche, com 24.400 leitões; e 112 que produzem 70.300 suínos de terminação. Todas elas possuem licenciamento ambiental.

Tendo isto em vista, a Administração Municipal leva para votação junto a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei n° 033, de 16 de maio de 2019, que dispõem sobre a utilização de da carne suína na merenda escolar nas unidades do sistema educacional do Município, num percentual mínimo de 30%. Além disso, será obrigatório que em eventos do Calendário Municipal, onde seja ofertada alimentação, como festas e almoços de comunidades, também devem oferecer 30% de carne suína do total de carnes.

A inclusão de carne suína nos cardápios das escolas municipais ocorreu em 2009, propiciando assim melhor qualidade de vida aos estudantes, bem como valorizando a atividade e oferecendo aos produtores garantia de escoamento da produção realizada pelos agricultores da região.

Segundo avaliação da Administração Municipal, através de estudos realizados pelas nutricionistas da prefeitura, a carne suína é uma opção nutricionalmente adequada a todos os cardápios, principalmente o escolar, pois seus nutrientes são indispensáveis para o crescimento progressivo de crianças em idade escolar.

Durante a reunião, o prefeito municipal, José Carlo Amaral, destacou que o intuito do projeto é reconhecer o importante trabalho dos suinocultores do município.  O projeto foi encaminhado para a Câmara Municipal de Vereadores onde aguarda votação.

(Fotos: Carina de Oliveira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *