Não caia no golpe do “por favor”

O Delegado de Polícia, William Garcez, divulgou em nome da Polícia Civil Gaúcha, notadamente à 22DPRI, regional de Três Passos, um texto para conhecimento e alerta da sociedade, a fim de orientar a população sobre os riscos dos golpes aplicados na região. Garcez é titular da Delegacia de Polícia de Crissiumal e Professor de Direito Penal da FEMA (Santa Rosa-RS) e da AD VERUM (Recife-PE).

A atividade prática nos mostra diversos golpes aplicados por criminosos para enganar as vítimas e se locupletar ilicitamente as custas destas. Não são raros registros de ocorrência policial que informam golpes que vêm sendo aplicados por meio do telefone. Alguns registros dão conta do que chamamos “golpe do favor”. Neste, as informações dão conta de artimanha onde os meliantes se utilizam do nome de pessoas conhecidas na cidade (secretários municipais, comerciantes, etc.) e, junto a estabelecimentos onde possuem correspondentes bancários, solicitam o reabastecimento de telefones celulares, pagamento de contas, boletos, etc., argumentando que “mais tarde” levarão o respectivo dinheiro. Não caia neste golpe!

Ao receber este tipo de telefonema adote as seguintes medidas:

  • Desligue o telefone;
  • Não faça qualquer tipo de depósito ou transferência bancária;
  • Não forneça nenhum dado (nome completo, CPF ou RG);
  • Procure contato autêntico com a pessoa que se diz na ligação;
  • Se tiver condições, compre um telefone com identificador de chamadas e fique atento, pois, na maioria dos casos, esses telefonemas são realizados sem identificação de chamada ou com números estranhos a sua lista.
  • Após, procure uma Delegacia de Polícia e informe o fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *