Polícia de Crissiumal efetua ordem judicial de busca e apreensão em um estabelecimento da Unick Forex

Na data de hoje, agente da Delegacia de Polícia de Crissiumal-RS, sob a coordenação do delegado de polícia William Garcez, efetuaram o cumprimento de uma ordem judicial de busca e apreensão em um estabelecimento comercial onde operava representação da “Unick Forex”. No ato de cumprimento do mandado de busca e apreensão, acompanhado por oficial de justiça, o estabelecimento foi lacrado e os seus representantes notificados a não desenvolver mais operações pela empresa, suspendendo a oferta de serviços. Segundo o delegado, um documento da Comissão de Valores Mobiliários, coalescido à investigação criminal, dá conta de que a Unick não tem autorização para operar ou captar clientes no Brasil.
A Polícia Civil solicita que pessoas que tenham aplicado dinheiro na Unick Forex (sede na Rua Guarita, em Crissiumal-RS), procurem a Delegacia de Polícia, a fim de serem inquiridas nos autos da investigação criminal.

(Foto: Marcos Benites / Fonte: William Garcez, Delegado de Polícia)